Ski e Sustentabilidade

Ainda de ressaca pós-show da segunda noite do SWU e em clima de pré-feriado do dia 12 de Outubro, resolvi aproveitar a deixa do evento (que não é um mero festival de música, mas também um fórum onde profissionais discutem com o público alguns dos principais temas da sustentabilidade no século 21) e falar sobre este tema tão pertinente na atualidade… mas sobre sustentabilidade e neve. E nada melhor do que um hotel-iglu ecológico para ilustrar o assunto.

O Whitepod Resort, localizado nos alpes Suíços, é formado por iglus modernos, confortáveis e muito bem decorados, construídos com material isolante de baixo impacto ambiental. O hotel é 100% ecológico, e isso reflete em sua arquitetura, completamente incorporada a montanha, isolada da poluição urbana.



Membro do The Luxury Lodges & Camps of the World, premiado com o Prêmio Mundial de Turismo Sustentável de 2005, o Whitepod pretende ser modelo para o turismo, usando uma série de medidas para limitar o seu impacto na natureza, como minimizar o consumo de água e eletricidade, reduzir a produção de resíduos, favorecer a utilização de recursos renováveis e aumentar a percepção dos clientes em relação a proteção do ambiente.
Não há energia elétrica em nenhum dos 15 iglus de 40 m2, chamados de “pods”, apenas luz de velas e lareiras. Os felizardos hóspedes têm um vista privilegiada, um incrível silêncio e privacidade.




O resort possui 7km de pistas de ski de níveis iniciante e intermediário, abertas dia e noite de dezembro a março, a mais de 1,5 mil metros de altitude, além de oferecer excursões de raquete e um spa completo.

Além dos iglus, existe a opção de hospedar-se também em cabanas. A diária do “pod” custa a partir de $ 280,00 euros para 2 pessoas.

Via Terra Turismo