fechar menu fechar menu

Entrando numa fria!

O Glaciarium é o primeiro museu de glaciares da Patagônia, localizado em El Calafate. É um centro de interpretação de última geração, que oferece aos visitantes da Patagônia uma visão interativa, onde o Campo de Gelo Patagônico (Hielo Patagónico Sur) e os glaciares da região são os protagonistas.

Além de toda a interpretação possibilitada pelo museu, os visitantes têm a oportunidade de visitarem o bar de gelo. É necessário o uso de roupas térmicas, pois toda a estrutura do bar é de gelo! A temperatura média é de -5°c !! E o melhor, você tem 20 minutos de open bar [ SIM!!! ] e…  é liberado mesmo, desde o tradicional pomelo até a tequila, passando por vodkas e whiskies!

Localização do Glaciarum

Visual do lobby bar

Difícil resistir, não?

Estrutura marcante do museu.

A tradicional Fernet
Galera do Point entrado numa fria!

Patagônia Feelings – El Calafate

El Calafate está cada vez mais famosa… este pequeno vilarejo, às margens do Lago Argentino  (o maior lago do país vizinho) é o ponto de apoio e acesso aos visitantes que vem conhecer a Geleira Perito Moreno ( garantimos,  esta é uma das visões mais lindas e impressionantes de nosso planeta) e os muitos glaciares do Lago Argentino, ocupando os muitos hotéis, hosterias e albergues da cidade – e seus ótimos restaurantes e pubs,  a noite também é bem divertida.

Veja alguns motivos para você ir lá – o mais rápido possível :

Perito Moreno é o nome do engenheiro que demarcou as fronteiras de Argentina e Chile; e os hermanos o homenagearam dando a esta enorme e singular geleira o seu cargo e nome: Perito (seu cargo)  Moreno (seu sobrenome). E há motivos: é algo deslumbrante, tão lindo que parece montagem, cenário feito em computador para algum filme de aventuras. É a Patagônia em toda sua glória!

A Geleira Perito Moreno tem cerca de 60 metros de altura e 2km de extensão, e você fica muito perto dela, em passarelas seguras e bem construídas ( são quilômetros delas…) , vendo o espetáculo visual e auditivo  :   a cada poucos minutos,  lascas enormes de gelo se desprendem da geleira e caem no lago à frente, com o maior estrondo e movimento. Fica muito fácil de entender porque vem gente de todo o mundo para a patagônia argentina…
Perito Moreno tem uma cor azulada – fruto da enorme compressão existente na massa de gelo, e quando bate o sol… você tem um grande diamante faiscante à sua frente, cercado de montanhas e bosques, e um pequeno lago – divino!
Estando em Perito Moreno, você pode ainda: passear de barco neste laguinho à frente da geleira,  usando aqueles barcos infláveis com pequenos motores de popa (os “gomones“), um passeio muito legal e impressionante; ou caminhar sobre a geleira perito moreno (sim !!!), em passeios guiados e com o uso de “grampones“,  que são armações de aço adaptadas aos calçados,  com pontas no solado –  imperdível, não deixe de experimentar isso.
Além de visitar o Glaciar Perito Moreno, você poderá fazer um passeio de barco pelo Lago Argentino – o visual é maravilhoso, o lago é cristalino, e você estará cercado de natureza no seu estado mais selvagem e primitivo –  avistando dezenas de outras geleiras, algumas realmente enormes. Este passeio dura todo o dia, e… com certeza justifica sua permanência em Calafate por mais tempo,  há muito o que ver e fazer neta região da Patagônia.
El Calafate é muito simpática e divertida, sempre cheia de gente de todo o mundo, e suas muitas línguas –  um restaurante de Calafate, à noite, é uma verdadeira torre-de-babel,  vale a pena ficar escutando para adivinhar o país de origem daqueles gringos das mesas ao lado, acredite.
Ah, e a comida é muito boa, há escolha para todos os gostos.
O cheirinho…  Calafate tem um cheirinho todo próprio, que vem de sua vegetação – uma mistura de aromas de ervas, e dos muitos plátanos e álamos desta região da Patagônia. Tenha a certeza de que isso você não irá esquecer: deveria poder ser engarrafado, para venda aos turistas encantados!
Um passeio muito especial que pode ser feito por quem está em El Calafate: visitar o Parque Nacional Torres del Paine, em território chileno, um dos lugares mais lindos do planeta – lagos, cascatas, bosques, geleiras, montanhas, num conjunto de belezas realmente extraordinárias. É um passeio de todo um dia, e é lindo o tempo todo,  desde a saída até a chegada, as vistas e atrações se sucedem sem parar – você está cercado de Patagônia por todos os lados!

Passeios para todos gostos e idades



Impressionante tudo que Ushuaia tem para oferecer a nós, visitantes. É um destino que está ficando um pouco mais badalado de uns tempos pra cá e a infra-estrutura da cidade só tem melhorado e tende a melhorar cada vez mais, especialmente com o grande evento, Interski 2015, sendo sediado no Cerro Castor.


Ushuaia é uma cidade pitoresca com uma importante rede hoteleira e gastronômica, muito bem estruturadas, com Resorts como Las Hayas, Los Acebos, Castor Ski Lodge… com ótimos restaurantes, onde são servidos pratos tradicionais da região como a centolla, a merluza-negra, os mariscos, os pescados e também o assado de cordeiro da Patagônia, possuí um elegante centro comercial e atividades culturais.


A beleza de Ushuaia encanta e tem seu diferencial, afinal a união entre florestas, mar, lagos e montanhas não se encontra em qualquer lugar. É uma viagem ideal para toda a família se o objetivo e aproveitar o frio e a neve, unindo ski e passeios turísticos ao mesmo tempo.


Uma caminhada pela cidade pode começar ao longo da avenida Maipu, que faz fronteira com o Canal de Beagle. Ao longo desta avenida você chegará ao Porto de Ushuaia e do Clube Náutico. No final há uma passarela que você deve tomar para chegar à península, onde o visual é de encher os olhos. Ali está a Bahía Encerrada, que fica congelada durante o inverno e se torna um rinque de patinação, que sem dúvidas será diversão garantida para todas as idades!


Já no outro lado da cidade, pela rua principal, a San Martin, até o cruzamento com a Yaganes St deve-se parar para conhecer a prisão legendária do fim do mundo, agora transformada em Museo del Presidio. Lá você encontrará até mesmo as estátuas de cera dos criminosos mais famosos que foram enviados para aquele lugar.


Para os shopaholics de plantão, que sempre tem que fazer umas comprinhas, Ushuaia também é ideal, pois para quem não sabia, lá é uma Zona Franca, assim, vale muito a pena comprar algumas coisas tais como perfumes, bebidas e cosméticos importados nos Duty Frees.

Se você estiver com crianças, há outros lugares que não podem ficar de fora do itinerário, um deles é o Tierra Mayor, uma estação de inverno para fazer um inesquecível passeio de trenó puxado por huskyes ciberianos e também para pilotar motos de neve (snowmobile). Experiência única para a família toda curtir o frio e a neve juntos.


O outro passeio, também inédito, é o 4×4 costeando os lagos Fagnano e a Laguna Bombilla (congelada). Radical sem dúvidas. Um pouco após ao meio dia, encontra-se um refúgio onde motorista e guia lhe preparam um grande churrasco argentino com direito a muito vinho argentino também.


E como toda criança adora animais, navegar pelo Canal de Beagle, é uma outra grande pedida, principalmente a bordo do Ushuaia Explorer, que passa pelas principais ilhas repletas de cormorans (ave típica da região), leões e lobos marinhos. O visual é de tirar o folêgo.

E próximo de Ushuaia, ainda podemos fazer mais um passeio imperdível, indo até a cidadezinha de El Calafate, onde encontamos uma famosa geleira: o Glaciar Perito Moreno. O glaciar é formado basicamente de neve compactada, possuindo milhares de nuances que vão do branco ao azul. É algo lindo de se ver. Na sua maioria, os glaciares terminam no Lago Argentino, onde se fragmentam desde farelo de gelo à grandes icebergs, descendo lentamente
o leito do lago até seu derretimento.


Por fim, localizada na Rodovia Nacional nº 3, a 8 km da cidade de Ushuaia, está a famosa estação de onde parte o Trem do Fim do Mundo para um passeio que com certeza o levará para um dos lugares mais belos e privilegiados do mundo. Paisagem de capa de revista
certamente, e um passeio indispensável para toda a família na sua trip para Ushuaia.

Definitivamente, esse paraíso não é só para gente grande. Levem a família toda e tenham férias e momentos inesquecíveis em um lugar no mínimo exótico e de beleza estonteante.

Hotel Design Calafate: um espetáculo a parte!

O Hotel Design Suites em El Calafate, onde o Grupo do Point ficou hospedado, é um “desbunde”!
Ao chegarmos, fomos recebidos pelos sorridentes atendentes com um delicioso champagne de maça. Foi o “momento feliz” ideal para uma foto de todo o grupo…Em seguida fomos seduzidos pela bela vista do hall, integrado ao restaurante, bar e lounge com lareira… …depois pela piscina… Tudo de extrema beleza, qualidade e bom gosto, ficamos todos muito felizes de estar naquele lugar! A cada passo um quadro novo, uma escultura, um aroma diferente, uma surpresa… Nos quartos, o deleite continuava… que vista!!!
…e que belo banho nos aguardava…Em seguida fomos fazer um reconhecimento do local. O Design está localizado às margens do Lago Argentino, sem quase nenhama casa em volta… barulho só dos pássaros… uma paz… E como o Hotel fica um pouco distante do centro, oferece um serviço grátis de van, que vai e volta, de hora em hora. Pronto, estávamos mais que satisfeitos!
A estada em El Calafate foi maravilhosa!!

Descobrindo El Calafate

Depois das aventuras em Ushuaia, o grupo do Point da Neve ainda tinha mais dois dias de passeio, o destino… El Calafate!



“Muitos foram com o coração partido de deixar Ushuaia e as pistas (me incluo nessa), mas muita coisa ainda estava por vir. Em El Calafate fomos recebidos pelo guia Marcelo, competente e com conhecimento de causa, foi nos contando a história e os segredos da Patagônia. Geografia, culinária, costumes, visitar a Patagônia é ir fundo na história do homem na América do Sul. Com Marcelo fomos apresentados ao Perito Moreno, um dos vários glaciares da região.


Outra vez, com toda a nossa tecnologia, ainda não temos capacidade de passar a verdadeira dimensão nem o sentimento que se tem ao visualizar a beleza da natureza em sua forma mais simples, água e gelo.


Não pude caminhar sobre o glaciar, mas como comi Calafate (o fruto), certamente irei voltar para passar por essa experiência. Fim de viagem, o espírito mais leve, o coração mais recheado. Todos voltaram felizes com as novas experiências, os novos amigos e um gostinho de quero mais.” Palavras de Fábio Balsemão, integrante do Grupo.

A infra-estrutura do Parque Nacional (onde o Glaciar Perito Moreno está localizado) e o bosque em torno do Lago Argentino são incríveis! Tudo organizado, limpo e bem sinalizado. Só a comida do bar do local é que deixa um pouco a desejar.



Fazer o passeio de barco (safári náutico) é imprescindível pra ver bem de pertinho o esplendoroso Glaciar.



Para os mais esportistas e aventureiros, existe a opção de fazer o mini-trekking sobre o gelo que o Fábio comentou, mas a reserva deve ser feita com antecedência, pois é necessário sair mais cedo e preparar a “marmita” pro almoço.

Era muito engraçado ver as pessoas em torno do Glaciar, caminhando sobre as passarelas… era andar 1 metro, parar, ficar de boca aberta e pedir pra alguém tirar uma foto, andar outro metro, ouvir o ruído do gelo e pedir por outra foto… e isso ia se repetindo durante horas… com todos!! Sorte que hoje em dia temos máquinas digitais!!

Fotos: Fábio Balsemão